quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Meias de Março





Quando temos uma nova obsessão paixão e nos desafiam a fazer mais, o que podemos fazer?
Aceitar o desafio.

A Rosário (donamaria) lançou o desafio de tricotarmos meias durante o mês de Março (começadas e acabadas em Março), no final, sorteará uma das suas meadas Dona Maria.

Quais os critérios do sorteio?
Se é à sorte, se ganha quem fizer mais ou mais bonito, não sei. 
Sei que é para fazer meias, e a mim apetece-me fazer meias...

Dos fios que trouxe da Rotas das Linhas, um já foi transformado (em baixo ao centro) e outro (o do topo) já está nas minhas agulhas. 
Se a estes matizados deliciosos acrescentar alguns lisos que também tenho lá em casa, fico com materiais e ideias para mais do que vou conseguir fazer (durante o mês de Março).

Também queres fazer meias?

Todas as informações aqui e aqui.





quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Vale...




Eu ia dizer que já acabei mais uma meias.



Eu ia dizer que foram prenda de Natal, mas que não estavam prontas no Natal.


Eu ia dizer que foram poucas as prendas que este ano dei (feitas por mim), mas que há pessoas especiais e que merecem.



Eu ia dizer que ofereci um "Vale um par de meias tricotadas à mão", e que só no fim de semana passado as meias chegaram realmente à sua dona


Mas aqui já disseram tudo...


Executadas com Opal Popcorn, que trouxe da Retrosaria no dia da Rota das Linhas.

Resta-me acrescentar que fiquei fã desta lã (ainda bem que trouxe mais novelos...)

Gostas?






terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Hermione´s Everyday Socks




Já vos disse que tenho andado a fazer meias??

As primeiras que fiz foram para mim, depois umas para oferecer, e a seguir mais outras para oferecer... 

As que a M. tanto "reclamava" foram iniciadas num dia que estava sozinha em casa, e acompanharam-me quase sempre nos dias seguintes

Foto: Ana Batista, na Rota das Linhas

O esquema não é difícil, mas a linha escolhida foi preta....

Fio preto, agulha 2mm, e tricotadas quase sempre ao serão, não posso dizer que tenha gostado muito desta "conjugação".



Com medo de "empancar" depois de acabar a primeira, decidi começar logo a segunda, depois de tricotada a "perna", e fiz os dois calcanhares em simultâneo.  



E porque me enganei - "esqueci-me" de tricotar o padrão enquanto fazia o calcanhar, o pé ficou todo liso.


Assentam-lhe perfeitamente no pé, e no espaço de 8 dias já foram lavadas (e usadas) três vezes...

Parece ser sinal que foram aprovadas.



quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Dois mais pequenos...





...e um um pouco maior, foi o pedido que fiz à Ana


Parece-vos que ela acertou nos meus gostos???



O piquinino foi estreado imediatamente no dia da Rota, que eu levava as linhas "à solta" dentro da mala, já a contar com o(s) meu(s) saco(s)

   

O "médio", porque a mala é grande e ele também se dobra, também já saiu à rua.

O grande, tem servido de refugio a uma prenda que não chegou a ser...

São giros, não são?
Se quiseres iguais parecidos ela faz...



segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

O pedido




"Preciso de uns saquinhos para os meus projectos de linhas e agulhas ;)
Dois mais pequenos, a pensar nas meias, ou algum outro projecto pequeno - suficientemente pequeno para enfiar dentro da mala, suficientemente grande para caber um ou dois novelos de lã, instruções, agulhas... 
Um um pouco maior, para projectos maiores...

Giros
Diferentes
Únicos
Especiais
Para mim"

depois ainda acrescentei:

"não gosto de roxo
amarelo tb não é o meu preferido
gosto de azuis
adoro (quase) todos os rosas ...

ajudou ou baralhou?"


Pois...
Também eu faço pedidos "destes"
Fui surpreendida e trouxe-os comigo no dia da Rota das Linhas.


Curiosas?
(falta só tratar das fotos...)





quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Fazes?




As artes de linhas e agulhas são maioritariamente ( não exclusivamente ) executadas e apreciadas pelo sexo feminino. 
É uma realidade. 
O homem cá de casa vai dando a sua opinião quando lhe é solicitada, ou quando vê alguma peça nova. Muitas vezes tenho a sensação que as peças que vou criando lhe passam completamente ao lado...
Mas se calhar não.

E quando são eles (aqueles que parecem não ligar ao que fazemos) que nos pedem para fazer algo?

"Tens algum gorro de criança feito?"
"Não. Não tenho nenhum..."
"Oh, queria oferecer à pequenina (de uns clientes)..."
"Mas podes fazer um?"
"Fazes?"
"Sim eu faço."



Depois deste fiz um azul para a M. (sem pom-pom).
Quem o usa?
O homem cá de casa...

O Pai agradeceu o facto da Filha não o ter querido...
Ou será que a Filha não o quis porque sentiu que o Pai o queria para ele?!?!?!





quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Os efeitos de um workshop





O que acontece depois de aprendermos a fazer uma "coisa nova"?

Queremos repetir e aperfeiçoar.

Do WS com a Marta, trouxe o fio vermelho, com que comecei a fazer umas meias, que desmanchei e recomecei...
Ainda assim, e apesar de serem as minhas primeiras e não ter termo de comparação, não estavam exactamente do meu agrado.
Pousei.
(mais tarde desmanchei)

Comecei uma nova, com o fio azul escuro e com as agulhas circulares de 20cm.

Custei a habituar-me ao tão pequeno tamanho das agulhas, e nessa altura optei por tricotá-las do avesso, em liga.
Eu, em liga, tenho tendência a fazer o ponto mais largo que em meia, pareceu-me logo largo, mas decidi fazer até ao fim, para ter a certeza de como realmente ficava (largo). Fiz a segunda exactamente igual, na expectativa que apertasse um pouco ao lavar, mas não.

Foram as minhas primeiras meias tricotadas.
Não estão perfeitas, mas já estão a uso  - aliás, aqui tive de a descalçar para poder fotografar (a outra estava no pé...)

A aventura seguinte foi com a vermelha, desta vez executada com 5 agulhas, de 2 mm, e como "mandam" as instruções, do direito e em meia.
Foram prenda de Natal.
Melhor, foram meia prenda de Natal, porque o novelo não chegou para fazer a segunda, e só agora está em execução.

As das riscas, são ligeiramente mais pequenas - tamanho de criança.
Também estas foram prenda de Natal.
(aqui, gostaria de acrescentar que o canelado na perna, para criança, foi mesmo boa opção, mas não sei como ficaram no pé...não foram agradecidas.
Adiante)

Os 3 pares executados na técnica que aprendi com a Marta, Toe-up Socks.

Já "confiante" nesta técnica de construção das meias, aventuro-me a começar um outro par, desta vez pela perna, as Hermoine´s Everyday Socks para a M., que já há muito que reclamava quando seria a sua vez.
A maior dificuldade?
Serem pretas, e terem sido feitas maioritariamente aos serões...

Quase, quase concluídas.


Obcecada Apaixonada por meias?

Foto : Ana Batista, na Rota das Linhas

Não sei...
Da Rota das Linhas só trouxe fios para meias...



Será que isto piora ou passa?



sábado, 2 de janeiro de 2016

Olá 2016





Despedimos-nos de 2015 e recebemos 2016 de casa e mesa cheia.

Entre brindes e gargalhadas, jantar e ceia, houve também linhas e agulhas.
Trabalhos rematados e acabados ainda no ano velho, e primeiros pontos dados em novos trabalhos, já no ano novo.

Não sou dada a balanços do que passou, nem de grandes resoluções de ano novo.
Há que aproveitar da melhor forma o que a vida nos vai trazendo.

Que este ano de 2016 me (nos) continue a trazer linhas para brincar.
Tecidos para transformar
Acessórios bonitos para trabalhar.
Tempo e ideias novas.
E quem sabe, talvez, o primeiro workshop by pontinhos ao vento...








quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Rota das Linhas



Começamos pelo principio...???

Falava eu com a Naná que nos dias que estivesse de férias no Natal queria ir fazer uma Rota das Linhas em Lisboa. Daí até um "também gostava de ir" não faltou quase nada (só um organizar de dias e folgas da cara metade).
Íamos voltar a estar juntas depois do encontro de Faro...
As conversas são como as cerejas, e vêm sempre aos pares. 
A Paula também ia estar de férias nessa altura. 
Boa, mais uma.
A Ana passa o Natal em Lisboa? 
Olha que quatro tão jeitosas...

Primeira paragem, um cafezinho...

Subimos e descemos ruas
Entramos e saímos em lojas

Conversamos
Rimos


Passeamos
e também tricotamos...
À chegada a casa trazia o coração cheio.
Uma caixa com suspiros bombocas (desapareceram assim que foram avistados...)
Uns mimos oferecidos (desses falamos depois)
e outros comprados
só linha para meias... a minha nova paixão

Cansada mas feliz

Foi um fim de ano (de blog) perfeito
"Isto de ter um blog" já me deu muitas alegrias, e já trouxe à minha vida pessoas que seria impossível conhecê-las.
"As minhas pessoas dos blogs" sabem que me fazem feliz. Umas mais perto, outras à distância de um mail.

Será que o 2016 nos vai trazer mais encontros???


as fotos do "passeio" são da autoria da Paula e da Ana - a minha máquina ficou em casa...




quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Que planos fantásticos tens para hoje?




Esta é a agenda que tenho usado, tem servido o seu propósito, mas quando coisas bonitas nos aparecem à frente, nem sempre é fácil resistir-lhes.
Vi esta, mas como não era propriamente barata e ainda faltava mais de um mês para o ano acabar, levei mais de uma semana a tomar a decisão.

"É mesmo bonita, quero-a mesmo para mim."

Decisão tomada, encomenda feita, mas só no dia seguinte fiz o pagamento.

Entretanto recebo um email com o título "Só para fazer pirraça..."
Esse mail trazia um video




Coincidências?

A agenda começa na última semana de 2015, e eu comecei a apontar os meus compromissos...

o que recebi de volta via mail?


Costuma dizer-se que grandes mentes pensam igual...

De quem é a outra agenda igual à minha ?
Quem foi a menina que fez este video só para me fazer pirraça?

Se não estivermos muito cansadas da nossa Rota das Linhas, amanhã contamos tudo.