sábado, 19 de agosto de 2017

Do Dia Mundial da Fotografia




Para memória futura.


Numa era em que a fotografia é cada vez mais instantânea, tirada com telefones (que cada vez servem menos para falar) e ipad´s, com máquinas mais ou menos automáticas, mas (quase) todas elas digitais, fica o registo, para memória futura das velhinhas máquinas fotográficas, analógicas, em que se fotografava em rolo, com um numero de fotos limitado, em que tínhamos de esperar pela revelação do rolo e depois impressão das fotos. 

Aprendi a fotografar "a sério" com uma Bronica, depois passei para uma Nikon, e durante os 11 anos que a fotografia foi o meu ganha pão, algumas outras me passaram pelas mãos.

"Deixei" a fotografia quase na mesma altura em que o digital conquistou o mercado.
Durante alguns anos recusei-me a comprar uma máquina digital. 
Rendi-me, mas continuo a achar que não tem o mesmo encanto.
Disse muitas vezes que não sabia fotografar com máquinas mais pequenas, mais leves...


Registo para memória futura - tenho de voltar a dar mais atenção às minhas fotografias...





sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Bricolage




Estou de férias.
Ainda não fui de férias - é amanhã.
Mas já estou a pensar na próxima viagem além fronteiras.
O destino está escolhido, e a data apalavrada.


É também hora de começar a amealhar...




quarta-feira, 9 de agosto de 2017

858 Km depois




Domingo 7h30 da manhã - duas horas depois do previsto, mas à hora que o nosso corpo se deixou acordar
Saímos de casa rumo à Casa da Terra, os meus sogros mudaram-se definitivamente para lá, e nós já quase há dois anos que não os víamos...

O marido conduzia, a filha aproveitou para dormir mais um bocadinho, e eu entretive as mãos com mais um par de meias.


A viagem foi feita ora com olho nas linhas, ora com um olhar chocado pela paisagem negra do caminho...
A chagada ao destino, a meia já tinha passado o calcanhar.


Depois do almoço em família houve ainda tempo para uns pontinhos na minha sombra favorita.
Nora e sogra arranjam sempre conversa à custa das linhas. Eu trouxe de lá uma revistas novas, ela ficou encantada com as "mini" agulhas circulares para as meias, que nunca tinha visto.

Era hora da viagem de regresso.
A paisagem queimada não foi menos chocante na viagem de volta.

À chegada a casa a meia vinha quase concluída.

Ida e volta no mesmo dia?
Sim.
858 Km.
4 horas para lá, 4 horas lá, 4 horas para cá.

Os beijinhos e os abraços foram dados e os corações ficaram felizes.





terça-feira, 8 de agosto de 2017

Ambientador natural




da série #aminhavizinhaémelhorqueatua


Directamente das macieiras da vizinha.
Na cozinha uma travessa, na despensa uma caixa.

Haverá ambientador mais delicioso que fruta?
Para mim, melhor que o cheiro das maçãs só mesmo o das meloas...




segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Crochet...




... meu querido Crochet.
(suspiro)



Um destes dias, a propósito de umas notificações que recebi do Pinterest, dei por mim, já madrugada dentro, a percorrer a minha conta do pinterest. Já por lá não me perdia há muitos meses.

Quase me vieram as lágrimas aos olhos.
Crochet.
Muito crochet.
Cores alegres, claras e vibrantes.



O meu coração bate mais forte pelo crochet.

Nos últimos dois anos, praticamente desde que aprendi e me apaixonei pelo processo de fazer meias, pouco mais tenho feito.

Sinto saudades do crochet.
As minhas mãos sentem saudades do crochet.

O facto de ser canhota, do crochet ser feito apenas com uma agulha - uma mão, no meu caso a esquerda, que é a que está mais perto do coração, faça com que o meu batimento cardíaco se alinhe perfeitamente bem com as voltas e reviravoltas da agulha.


Porque as minhas mãos estão desejosas, e porque fui "desafiada"...
"Prima, sabes fazer?
Podes fazer?"

Ainda durante estas férias vão nascer uns quantos Migos.


Se também tu queres participar neste projecto, lê na página FB do Projecto Migos todas as directrizes para a execução destes polvinhos.




domingo, 6 de agosto de 2017

WIP





Um novelo já lá vai.
A minha Boxy está a crescer.



sábado, 5 de agosto de 2017

Dia 1 das férias





Eu até podia só lá ir passear, que encontrava sempre alguma coisa que me estivesse mesmo a fazer falta.

Algumas peças são projectos para as férias, outras estavam mesmo a fazer falta.

É oficial, estou de férias.
Hoje foi o dia 1.

Quem desse lado está de férias que ponha o dedo no ar ;))



quinta-feira, 3 de agosto de 2017

5ªs feiras mais saudáveis





Ir ao mercado sem sair de casa.
Ter produtos frescos e saborosos à distância de um click...

Já há alguns meses que recebo frutas e legumes em casa - bem, é no trabalho que costumam fazer a entrega, sendo que a 5ª feira é o dia. 
Todas as semanas a composição dos cabazes muda, e vou encomendado conforme as necessidades e vontades. Umas semanas só fruta, outras frutas e legumes...


Outro serviço também disponível na minha zona é o Cabaz de Peixe. A minha amiga Ana, que é cliente habitual já me tinha falado dele mas, ou na altura ou não faziam entregas a dias e horas que eu pudesse receber, ou eu não vi com "olhos de ver", e pareceu-me que não podia aproveitar.

O peixe vem da lota de Sesimbra, e é disponibilizado consoante o que é pescado.
Se nos cabazes de frutas e legumes eu sei exactamente o que me vai ser entregue, no de peixe não. Das espécies listadas podes assinalar as 3 que não queres receber, o que para mim, inicialmente foi um entrave para avançar com a primeira encomenda. Muitas vezes temos a mania que não gostamos disto ou daquilo, e geralmente quando vamos nós escolher à banca do peixe temos tendência a escolher sempre o mesmo - pelo menos comigo é assim.

Mais uma vez as palavras da Ana ficaram a ecoar na minha cabeça - "se vem uma espécie que nunca experimentaste, pesquisas para saber como podes cozinhar...".

Foi o que aconteceu há quinze dias atrás - sim, o cabaz de peixe também é entregue à quinta feira. 
Do cabaz faziam parte carapaus, sardinhas, uma pescada e três pedaços grandes de raia. Eu já havia decidido que nesse dia o jantar seria peixe, de algum que viesse fresquinho
Nem a propósito, acho que nunca tinha comido raia sem ser em caldeirada, mas no dia anterior tinha visto uma receita da Filipa Gomes de um pregado no forno que decidi recriar. 
Ficou delicioso.

Por cá as quintas-feiras têm sido mais saudáveis.
É o dia para fazer a ementa para a semana e a lista de compras para o fim de semana

Quem vai ás compras sem sair de casa?








domingo, 30 de julho de 2017

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Boxy - a amostra





A cor está escolhida, a amostra está feita, o padrão está estudado.

Nas minhas agulhas vai nascer uma camisola nova a pensar no Inverno.

O que anda nas tuas agulhas?