segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Rota das Linhas em Lisboa?




Sim.
Nós repetimos.

Rota das Linhas, Dezembro 2015 em Lisboa


Dia 6 de Março, de hoje a um mês, de hoje a 4 semanas.

Para já, sabemos que a Rota vai começar na Tricot das Cinco durante a manhã, e que depois de almoço vamos até Cascais à The Craft Company. Já há também mais algumas sugestões de visita, mas ainda nada definitivo.


Queres juntar-te a nós?

Prometemos-te pernas cansadas e muita galhofa...






terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Fui a Roma e vi o Papa






Finalmente.
Chegou o post das férias do Natal.
Como em tudo na vida, mais vale tarde que nunca.

Quem me segue pelo FB e/ou pelo IG já sabe por onde andei - fui a Roma e vi o Papa

Partimos com os percursos mais ou menos delineados, sabendo que eram apenas 2 dias e meio (úteis) para passear. 
No nosso itinerário não incluímos desta vez, locais onde a espera para entrar suspeitássemos ser grande. Ficamos com o "pretexto" para voltarmos um ano destes...

Em minha "defesa" pela demora do post, tenho a referir a dificuldade em seleccionar fotografias. Ao todo foram disparados cerca de 1000 clic´s, sendo que a escolha foi feita de cerca de 800. Entre vários dias, terei passado mais de 10h a seleccionar e editar fotos.

Para que serve este post?
Para eu recordar, eventualmente também alguém aí desse lado, e porque não, incentivar outros "alguéns" a irem conhecer ?!?!

A viagem foi feita na Tap, de Lisboa até Fiumicino, onde apanhamos depois facilmente o comboio para o centro de Roma. O nosso hotel ficava a cerca de 10 minutos a pé da estação do comboio.

O 1º dia foi o dia da viagem - depois de deixarmos as malas no hotel, e descansar as pernas 10 minutos, partimos à aventura.

Villa Borghese
Piazza del Popolo
Piazza di Spagna
Fontana di Trevi
A Fontana di Trevi deve ser o monumento mais visitado / apreciado de Roma. Em todos os dias que estivemos em Roma por lá passamos, por imposição sugestão da M. De todas as vezes estava a "abarrotar" de gente.
Aqui não pode faltar o lançar da moeda à fonte, ao mesmo tempo que se pediu um desejo - quanto mais não fosse, de um dia lá voltar.
No primeiro dia, enquanto lá estávamos, de repente sai da igreja contigua à fonte, um grupo de jovens padres a cantarem canções de Natal. Depois de 2 ou 3 musicas à porta, emaranharam-se pelas ruas, no meio dos turistas a tocar e a cantar.


O segundo dia foi aquele em que andamos mais. 

Forum Romano
Forum Romano
Coliseu
Piazza Navona
Panteão
O dia foi longo.
Do almoço, umas pizzas (DELICIOSAS) em forno de lenha, comidas num "beco" entre o Forum Romano e o Coliseu, ficou apenas o registo na nossa "memória gustativa", mas do lanche eu lembrei-me de fotografar...

Provavelmente o melhor gelado que comi na vida

 O nosso 3º dia em Roma coincidiu com o dia de Natal

O que se faz em Roma no dia de Natal?
Vai-se à missa ao Vaticano.
Vaticano
Tanta gente me "avisou" que a Praça do Vaticano era muito mais pequena que aparentava, que acabei por achá-la grande (comparando com aquilo que me fizeram idealizar...)


E como a escolha das fotos foi o mais difícil deste post, deixo-vos mais uns pedaços da cidade, para recordarem, ou ficarem com vontade de conhecer









Na viagem de volta?
Já começamos a idealizar a próxima.

Viajar dá-nos anos extra de vida...







terça-feira, 17 de janeiro de 2017

As meias das manas



Da oferta do ano passado veio o pedido para repetir a dose.
E eu, como sou uma menina bem mandada (ás vezes...), repeti.

Umas meias que me serviram para testar novas técnicas - aqui podem ver as meias quase prontas, sem calcanhar - é feito no final, diferente do meu modo habitual de fazer. 



Ora, e como geralmente não faço as meias muito altas, sobra sempre fio de um novelo. Como aproveita-lo da melhor forma?
Fazer outras meias para a mana mais nova, a condizer.

Ainda tenho mais um novelo igual, acho que se o conjugar com alguma outra cor que não roxo, é um sério candidato a fazer mais um par para a minha gaveta...

Tem estado frio por estes dias, por aí também já se usam meias de lã?



quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Obrigado




Dizem que hoje é Dia Internacional de Obrigado.
É portanto dia de agradecer.

Daqui, deste lado, agradeço a vossa resistência em aqui voltar quando tão pouco tenho mostrado e/ou falado.

Nos últimos meses tenho andado mais instrospectiva, mais metida com os meus botões - há fases assim.
Não significa isso que não tenha crochetado ou tricotado. Tenho, mas pouco, ou mais do mesmo...
Ao ver os trabalhos executados durante 2016, quase que só se vêem meias (porque foi isso que me apeteceu tricotar), e tenho a sensação que não interessa para nada mostrar um par de meias a seguir ao outro...

Tenho estado mais ou menos activa pelo Instagram e pelo FB, porque as fotos que vou publicando são mais instantâneas, sempre tiradas com o telemóvel, e aqui, neste espaço, que é meu e do qual tanto gosto, prometi-me manter a qualidade das boas fotografias mas nem sempre me apetece fotografar "bem", e quando o faço muitas algumas vezes as fotos ficam "esquecidas" na máquina à espera que miraculosamente apareçam editadas (à minha espera estão as fotos da viagem do Natal e das meias da mana crescida e da mana pequenina).

Como forma de motivação, no dia 1 de Janeiro lancei-me o desafio cumprir os meus 30 minutos de linhas por dia.
Juntas-te ao movimento?
podes usar #30minutosdelinhaspordia para partilhar as tuas fotos.


Obrigado por terem aparecido desse lado
Obrigado por se manterem desse lado









sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Fazer as malas




Ontem foi dia de fazer as malas.
Pela primeira vez, desde que me lembro, o Natal vai ser passado sem a família alargada.
As famílias vão mudando e alterando as suas dinâmicas.
Entre aqueles que se foram / nos fomos naturalmente afastando e os outros para os quais deixamos de ter "paciência" para o politicamente correcto na "encenação" da noite de Natal...


Este ano o Natal é passado a três. Os três cá de casa. 
Mas não vamos ficar em casa.

Considerando que em pleno Verão nos é cada vez mais difícil gozar férias, daquelas de poder sair uns dias sem preocupações, esta é a altura ideal.

Ontem foi dia de fazer as malas.

Entre mais uma calças e a camisola que queria mesmo levar.
Entre o não me poder esquecer do cinto nem do creme do rosto.
A primeira "mala" a ficar pronta foi a do tricot... 
(diz que são 3 horas de vôo, e as mãos precisam de ocupação)



Daqui sairão as minhas meias do Natal (e das férias).


E desse lado, como vai ser o vosso Natal?
Tradicional, rodeado de família, ou também "alternativo" como o meu?


Desejo a todos que aqui me espreitam umas Festas Felizes.
Prometo mais tarde mostrar por onde (já) ando...

Se me segues através do Instagram, vais vendo ;))
Adivinhas?









quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

On The Spice Market




Finalmente fora das agulhas!!!


Sabem aquelas peças pelas quais de apaixonam assim que as vêm?
Este xaile foi um desses casos.

Vi-o pela primeira vez quando a Ovelha Negra fez o KAL de Verão.
Não participei no Kal, acho até que só o comecei quando já tinha acabado, ou estava perto de acabar.

Entre percalços e falta de tempo (e outras vezes excesso de sono) levou cerca de seis meses a ser concluído...
Já estava "farta" de o ter nas agulhas.

Quando o "primeiro" estava demasiado pequeno, este ficou maior do que eu esperava.
Melhor assim, dá mais uma volta ao pescoço.



Hhmmmm, vai ficar bem com o casaco novo azul...

Gostas?


Tricotado em Olívia





terça-feira, 13 de dezembro de 2016

da Troca Natal 2016 - o que ofereci e o que recebi



Comecei cedo a pensar no que quereria fazer para oferecer, seguindo a obrigatoriedade do feito à mão, já sabia que às linhas ia juntar a agulha de crochet e dar forma a uma ideia que já há muito andava nos meus preferidos no pinterest.

Mesmo sem saber para quem seria a prenda, era certo que seria para uma Sra. (ainda não houve nenhum Sr. a inscrever-se para uma Troca de Natal...).
Um mimo, para quem a recebesse se mimar.




Ao cesto e aos discos de limpeza que crochetei, juntei mais uns mimos para completar o Kit de Spa caseiro.



Espero que a Margarida tenha gostado...


Ontem foi dia de receber no correio a minha prenda


Um caderno de projectos, um novelo de lã, um enfeite de Natal, um postal e um chocolatinho.
Obrigado Adriana.

E aí desse lado?
Já enviaram e já receberam os vossos mimos?




segunda-feira, 28 de novembro de 2016

da Troca de Natal 2016






Foi daqui o ponto de partida.
Quase pronto a embrulhar.

A tua prendinha para a Troca de Natal está quase pronta?

Ainda não te inscreveste?!?
Vá.
Com boa vontade e um pouquinho de imaginação ainda vais a tempo.

Vê aqui tudo o que precisas de fazer para te inscrever



segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Pequenos nadas




Já vos falei do meu método preferido de tricotar meias, com as minhas mini circulares da Addi, o "problema" é que nas meias mais pequenas, para criança, não dá, porque a largura da meia é menor que a das agulhas, nestas alturas utilizo as dpn´s. 
Quem tricota com este método, nunca vos aconteceu "arrancar" as agulhas do trabalho quando o estão a tirar do saco?!?!
Pois, a mim aconteceu...
Solução?
Um "estojo" para as agulhas.
Simples, dois quadrados de tecido, duas molas e já está.


Um pequeno nada?
Antes de fechar as costuras, um pouquinho de alfazema lá para dentro, que é garantia de meias perfumadas durante a execução


A Paula ofereceu a execução e as molas, em troca eu fiz (mais) um par de meias para a piquena.



terça-feira, 15 de novembro de 2016

Meias de Outubro




A Rosário organizou e muitas tricotadeiras arranjaram a "desculpa" ideal para tricotar mais uns pares de meias.

As minhas primeiras do mês foram em versão mini, nas segundas a que me propus fazer, decidi experimentar um padrão que há já algum tempo estava nos meus favoritos - as Arrowhead da Maria Montzka.


Porque o padrão é texturado, porque o padrão tem mais 4 malhas do que habitualmente faço para mim, a meio da primeira meia apercebi-me que me iria ficar grande / larga. 
Se por uma fracção de segundos ponderei desmanchar, rapidamente decidi que seria o presente perfeito para o aniversário do blog.

Parece que tudo se "alinhou", e quem as vai receber (só hoje seguem viagem para a sua nova casa) tem realmente o pé maior / mais largo que o meu ;))


A tempo da sessão fotográfica das meias chegaram os meus sock blockers novos. Uma peça de necessidade "relativa" mas pela qual me apaixonei assim que os vi. Posso dizer-vos que são ainda mais bonitos ao vivo e ao toque, e que têm o cheirinho bom da madeira natural.

Na segunda foto estão as primas, umas das que tricotei em Março.
As mesmas cores, os mesmos fios, resultados diferentes.


Aproveitando a ida aos correios, segue também uma "encomenda" com dois meses de atraso...
(shame on me)
Elizabete, o carteiro toca sempre duas vezes.