quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Agenda para 2015 - Os Encontros






Sim, o que por aqui já tinha dado a entender, vai mesmo acontecer.
2015 é o ano em que nos vamos encontrar.


Antes de mais, quero agradecer à Ana e à Fátima por terem embarcado nesta aventura comigo, se fosse para avançar sozinha, muito provavelmente as ideias não teriam saído do papel - e tantas mais que já reunimos!


Quando, Como & Porquê?

Comecemos pelo Porquê?
Porque sim!
Porque não?
Porque vai ser com toda a certeza um dia muito bem passado rodeada de pessoas com a mesma paixão às linhas, agulhas e aos trabalhos manuais.
Muitas de nós já nos conhecemos virtualmente, vai ser a oportunidade perfeita para o pessoalmente.

Quando?
3 datas para 3 encontros.
Faro a 29 de Março
Porto a 10 Maio
Lisboa a 14 de Junho 

Queres e podes ir aos 3?
Perfeito!
Só podes ir a 1?
Óptimo!


Como?
Um encontro em jeito de pic-nic (podes e deves levar o teu "farnel" e a tua manta), num parque / jardim da cidade.
Não te esqueças também de levar as tuas linhas e agulhas para trocar experiências.


Além do dia que vai certamente inesquecível, pretendemos também com estes encontros angariar "ajuda" para algumas instituições de solidariedade. O que pretendemos doar? Aquilo que tanto gostamos de fazer...

Para já falemos do encontro de Faro...
Em Faro vamos apoiar o Refúgio Aboim Ascensão (http://www.refugio.pt/) pelo que necessitamos de mimos para crianças até aos 6 anos.
Ideias?
Mantas, botinhas, casaquinhos, tricotados ou crochetados.
Não sabes fazer tricot ou crochet? Podemos fazer mantas com tecidos, ou bordar um babete...
Qualquer ajuda será bem vinda

Gostavas de participar mas não podes ir?
Mesmo à distância vais poder participar enviando o teu donativo - se for esse o caso entra em contacto com uma de nós.
Atenção que não aceitamos donativos em dinheiro, se o quiseres fazer contacta directamente a instituição.

Dia 29 de Março encontramos-nos no Jardim Manuel Bivar - Faro das 11h às 16h.
Conheces?
Se como eu és de longe, digo-te que fica a cerca de 500 mts da estação da CP. 
Eu vou de comboio, se também tu escolheres o comboio para lá chegar lembra-te de comprares o bilhete com antecedência, além de garantires o teu lugar a CP faz desconto para compras antecipadas.
Podemos sempre encontrar-nos pelo caminho...


Gostas desta ideia?
Contamos contigo ?

Podes começar por partilhá-la também.



terça-feira, 27 de janeiro de 2015

mikado



Quem em criança nunca jogou ao mikado?



Este não é um jogo de mikado, mas bem que poderia ser...

Embora no crochet prefira as agulhas de alumínio, no tricot prefiro as de bambu.
Agulhas de duas pontas?
Chegaram recentemente cá a casa pela primeira vez.
Uma estreia absoluta.



Andava a magicar fazer umas luvas, ou eventualmente uns aquecedores de pulso.
Mas eu não uso luvas... 
Vá, eventualmente uma ou duas vezes por ano.
Não me estava a apetecer "experiências" para ficarem fechadas numa gaveta...

Esta foi a lã que sobrou do Sorvete de Menta - sim, de uma meada, fiz um xaile e sobrou o que vêem na foto.
Poderia fazer conjunto com o xaile, foi o que pensei (ainda bem que o xaile já seguiu viagem e não ficou à espera das luvas...)

Não custou muito dominar a técnica de segurar as agulhas nas mãos, mas o ponto não estava a ficar do meu agrado. O ponto que fica no intervalo das agulhas ficava muito aberto e não estava a gostar de ver. Pedi ajuda a quem já tinha experimentado a técnica, e embora me dissessem que se notava sempre um bocadinho, asseguraram-me também que depois de uma lavagem / blocagem melhorava o aspecto. Aconselharam-me também a usar umas agulhas um tamanho abaixo.
Foi o que fiz.
Desmanchei tudo e recomecei com umas agulhas mais pequenas.
Estava melhor, mas ainda assim se notava um bocadinho.
Ao fim de 10 cm de trabalho resolvi rematar e ver como ficava depois de "lavado". 

Na etiqueta que acompanha as meadas ou as peças com elas já tricotadas vai as instruções de lavagem - Lavar à mão, cuidadosamente com água fria.
Não, não diz que podes enfiar na máquina da roupa se tiveres uma máquina de roupa clara pronta para lavar...

A cor?
Impecável.
O resto?
Imaginem...


Diz o ditado que quando caímos do cavalo o devemos voltar a montar.

Pediram-me para fazer dois gorros a condizer com duas golas que fiz. 
Seria mais fácil fazer em crochet, iguais a outros já anteriormente feitos, mas não teriam o mesmo "sabor".
Nas minhas 5 agulhas, neste momento está um castanho. Já vai  a meio. Continua a notar-se um bocadinho a "mudança" de agulha.

Sugestões?







domingo, 25 de janeiro de 2015

Um lugar ao Sol





Finalmente um domingo de Sol, com temperatura agradável.

A seguir ao almoço rumamos a Setúbal, aparentemente não fui a única a pensar aproveitá-lo à beira-mar - haveria por ali algumas centenas de pessoas, que tal como eu, procuravam um lugar ao sol.

Depois de um cafezinho na esplanada, do saco saíram o livro para a M. e o tricot para mim.  Ao meu lado comecei a ouvir umas conversas... 
"Ah, eu também sabia fazer..."; 
"Antes fazia muitas coisas, agora já não faço nada"; 
"Olha, uma Sra a fazer malha... está outra vez na moda!"


Ficamos até começar a ficar desagradável
E que bem que soube.


E tu, hoje aproveitaste o teu lugar ao Sol?






quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

A ganhar forma...





As últimas linhas compradas em 2014 já estão a ganhar forma.


Atreves-te a adivinhar o que daqui vai sair?
É para mim.
É para eu usar - e acho que vai ficar giríssimo com as gangas


Gostas do padrão?
Espreita-o aqui



terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Agenda para 2015




Faro - 29 de Março
Porto - 10 Maio
Lisboa - 14 de Junho


Para já digo-te para reservares estes dias na tua agenda, e começares a pensar como vais lá chegar.
Eu acho que vou de comboio, uma viagem com agulhas onde não faltarão conversas e novelos.



Mais pormenores?
Nos próximos dias...





domingo, 18 de janeiro de 2015

Porque os olhos também comem...





Pai e Filha optam pelo gelado - de frutos vermelhos.
Eu, sempre que possível, faço escolhas mais equilibradas - gelatina de mirtilo com iogurte natural. Fica tão bonito no prato que perde o ar de "dieta".


E tu que trocas fazes para manteres a linha, e não perderes o prazer de comer?


Bom Domingo





terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Sorvete de Menta




Quando vos pedi ajuda para escolher o "sabor" para estas cores, as vossas opiniões foram de encontro aquilo que eu também já tinha pensado - Pistachio, Hortelã e Menta.
Obrigado por não me baralharem ainda mais.
Dei-me ao trabalho de ir espreitar uma vitrina de gelados para tentar decifrar as cores...

Venceu a Menta.



O Sorvete de Menta foi uma prenda de Natal (atrasada), mas já chegou ao seu destino. 




Adoro estes Sorvetes.

Gosto do padrão, reinventado de outros que me serviram de inspiração.
Gosto dos tons, que o tornam peça única e irrepetível.
O entusiasmo de fazer carreira após carreira, para ver naquilo que se transformava a meada por mim pintada...

Estou orgulhosa destes meus Sorvetes.



Gostas?
Queres um para ti?
Disponíveis por encomenda, à distância de um mail - basta que escolhas a tua cor preferida.









quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Enquanto penso...




Se por um lado já começo a pensar em algodões fresquinhos, por outro continuo rodeada de lãs quentinhas, e a projectar peças novas e diferentes. 
Se algumas dessas ideias me aparecem logo "prontas e acabadas", outras surgem-me por detalhes daqui e dali...
Se algumas vezes pego nas linhas e agulhas e só as largo quando a peça está acabada (foi o que aconteceu com a lã amarelo torrado no dia 1), outras parece que não consigo avançar enquanto o rascunho não está bem delineado.

Enquanto penso não consigo estar parada.

Enquanto penso continuo a fazer flores
As cores que me continuam a pedir, as cores que me apetecem fazer...
As multicoloridas são únicas e irrepetíveis, as "lisas" vão entrando e saindo da Loja.

É certo que está frio, mas podemos enfrentá-lo com elegância.

Hoje também eu tenho umas Flores a aconchegar-me o pescoço...


Também queres umas para ti?
Estão à distância de um mail.




terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Dia de Reis





A Época das Festas está oficialmente encerrada por aqui.
Acabaram-se as desculpas e as cedências para comprar ou fazer mais um docinho ou um bolinho. Acabaram-se as caixas de chocolate abertas e à disposição apenas de um esticar de braço. Bem, excepto para o marido, já que ele tem o "mau feitio" de poder comer quase tudo e não engorda.

Não é o que comemos entre o Natal e os Reis que nos faz mal, mas sim o que comemos entre os Reis e o Natal...




segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

♥ ♥ ♥ ♥





Há já uns tempos que tinha vistos estes carimbos. Na altura não arranjei "desculpa" para os comprar...
Se calhar, a última vez que fiz bolachas já foi há mais de um ano, e achei que o "achar muito giro" não era razão suficiente para os comprar e não usar.

Por estes dias das "festas" passei por lá novamente, a M. ia comigo e mostrei-lhos (acho que tive esperança que ela também gostasse MUITO deles...), e a resposta foi - "Oh tempo que não fazes bolachas".
Ficaram.

Afinal qual foi a "desculpa" que arranjei para os trazer para casa?
Uma fornada de bolachas que me comprometi a fazer para a festa de uma princesa linda.

A receita é a mesma de sempre:
125 gr. manteiga
125 gr. açucar
325 gr. de farinha
2 gemas
raspa de 1 limão

Bolachas simples e saborosas,  Feitas com Amor, 100% feito em casa e de qualidade, e a pedirem para serem comidas.