quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Meu querido mês de Outubro





Há coisas que temos dificuldade em explicar.
Porque é que gostamos mais de uns meses que de outros?
Gosto do mês de Outubro, ainda mais que de Fevereiro, que foi o mês que escolhi para dar o nó...

No inicio da minha vida de adulta, leia-se "trabalhadora" e "empregada", era normal escolher Outubro para gozar férias, depois dos meses atribulados de verão.

Não morro de amores por temperaturas muito elevadas, e em Outubro, com o tempo já menos quente, mais ainda não chegado o Inverno, é quase perfeito.

Outubro está também ligado a alguns marcos importantes da minha vida, sendo o nascimento da minha filha o mais importante.

Outubro é o mês das castanhas assadas e das romãs, dos marmelos e da abóbora, das maçãs no forno com canela.

A explosão de cores que há no meu jardim em Outubro, é para mim mais entusiasmante que as flores na Primavera. Posso até confessar que estas árvores (liquidambares) foram as escolhidas, principalmente pela cor das folhas nesta altura do ano... 

Se quando os dias são mais compridos a vontade é de ter as janelas abertas, agora em que são as noites que reinam na chegada a casa, a vontade é apreciar o aconchego do lar e rodear-me de luz.
Velas.
Muitas e perfumadas.

E tu?
Qual é o TEU mês?



10 comentários:

  1. Sem dúvida que sou uma tremenda fã do mês de Outubro, já que é o mês em que nasci, em que os meus pais se casaram e no qual tenho imensos amigos e familiares a cumprir aniversários. O Outubro é sempre um mês em cheio na minha vida!

    Mas sempre gostei por causa também do início da escola (pelo menos no meu tempo, a escola começava em Outubro!) que era quando podíamos ter livros novos e cadernos e canetas e tudo e tudo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh pá
      Eu sempre comecei a escola em Setembro...

      Eliminar
  2. Maria...gosto do mês de dezembro...e de toda a emoção de um natal!
    Minha mãe faleceu em dezembro passado por isso a magia do mês... corre o risco de desaparecer!
    Bj amigo

    ResponderEliminar
  3. Não tenho um mês favorito, mas sem sombra de dúvidas que o Outono é a minha estação favorita :)
    Temperaturas altas não são comigo (só são necessárias nos dias de praia e longe de casa ;) )
    Adorei este cenário!

    ResponderEliminar
  4. Concordo com a Ana, este cenário está mesmo bonito! E que bem que combina com a estação do Outono!
    Eu não tenho um mês preferido, e gosto de todas as estações do ano, cada uma com o seu encanto!
    Mas os cheiros, as cores e os sabores de Outono agradam-me tantoooooo!!
    Beijinho grande!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um dos "recantos" da minha casa!!

      Este era um "buraco" que já teve plantas, mas mesmo com a luz vinda da clarabóia do telhado, elas não se aguentavam...
      A árvore agora está na cozinha, mas as velas mantêm-se.
      (eu já disse que de quando em vez troco as coisas de sitio???)

      Eliminar
    2. Um lindo recanto com toda a certeza!
      Não sabia que também gostavas de mudar as coisas de sítio de vez em quando, também sofro do mesmo, e adoro!!!!

      Eliminar
  5. Não sei se tenho um mês ou estação preferido(a). Mas sou mais adepta dos dias de outono, amenos.
    Vivi durante muitos anos no Luxemburgo e recordo-me que após o regresso de férias (leia-se final de Agosto) saíamos de Portugal com roupa de verão e chegávamos ao Luxemburgo com roupa de inverno. Lembro-me dos intermináveis dias de neve e da monotonia de ver tudo branco e da alegria quando começavam a surgir as primeiras ervas verdinhas.
    Mas o que eu gosto mesmo é ver/ouvir a chuva lá fora, saber que está um frio de morrer e poder desfrutar do conforto do meu lar :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei se tivesse de viver diariamente com um manto branco que me impedisse de sair ou fazer as coisas "normais" acharia tanta piada, mas acho o "cenário" da neve lá fora e o quentinho do lar tão apelativo...

      Eliminar
  6. Eu adoro setembro pelos mesmos motivos climáticos que você gosta de outubro. Março também é querido por mim.
    Um abraço!
    Egléa

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita