segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Aprender com quem sabe




Sábado foi dia de workshop com a Marta Martins na Patch&Work, em Almada.

Eu, que sempre fui uma auto-didacta nestas coisas das linhas e agulhas, tenho de dar a mão à palmatória e admitir que é muito mais fácil aprender com quem sabe...

Com o "fantasma" das 5 agulhas já ultrapassado, é chegada a hora complicar.
A fazer o quê?
Meias.

Na aula, e para ser mais fácil a aprendizagem, fizemos com fio e agulhas mais grossos.
Na hora de passar para o fio e agulhas adequados, chego à conclusão que o meu ponto é solto, e com o nº de malhas aconselhado, fica uma meia muito larga.


A segunda meia começada com 48 em vez das 60 malhas.



As "más línguas" cá de casa dizem que durante todo o dia não pensei noutra coisa senão em meias (mentira...) e ao serão este era o aspecto da segunda meia.

Diz que é coisa para viciar...

Quem desse lado é "doida" por fazer meias?



15 comentários:

  1. Olá Maria, Confesso que ainda não fui "picada" por esse bichinho. Ainda há tanto para fazer/aprender antes de ter vontade de fazer meias....
    Bjs e boa semana. Paula

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É até ao dia que pensares "gostava mesmo de saber fazer umas meias...", isso ou outra coisa qualquer.
      Temos é de ir diversificando ;)

      Eliminar
  2. Ai wish...mas as tuas estão tão lindas!! :)
    E gosto do teu PJ!
    Claro que não pensaste noutra coisa! :D Não somos todas as assim!? ;)
    Somos, não somos!? ;)
    Kiss

    ResponderEliminar
  3. Olá Maria
    Eu também fiz à 1 ano uma workshop de meias e realmente o bichinho pega.
    Há inumeros modelos o que dá vontade de fazer e não consigo passar sem umas meias nas agulhas :)
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu ainda agora comecei, e já ando cheia de ideias...

      Eliminar
  4. Nunca trabalhei e vontade não me falta!
    Vão ficar bem lindas!!!

    ResponderEliminar
  5. Eu, eu, eu!
    Tenho sempre umas nas agulhas, é mesmo gratificante. Adorável! Algumas serão presentes de Natal... shiuu... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Shiuuu, eu não digo nada.
      (será que ainda tenho tempo de fazer algumas para prenda de Natal????)

      Eliminar
    2. Claro que sim, Maria. :) Devagar... e bem. Boa sorte!

      Eliminar
  6. Pois eu admito que adoro tricotar meias e estou pensando em fazer mais para mim, até hoje já tricotei mais meias para outros do que para mim, até hoje acabadas e para mim só mesmo um par e aproveito para dizer que também eu nesse par abria bastante as malhas, reduzindo um nr, ou metade, de agulha melhorei os pontos. Quando as malhas são mais soltas o que acontece é que ao usar as meias as mesmas abrem muitos os pontos e alargam bastante com o uso e se forem malhas mais fechadas isso já não acontece. As meias que tenho agora em mãos (depois de um desastre com uma lã que comprei) o nr de malhas da planta do pé e cano é de 64 malhas e ficam mesmo à medida do pé com margem para esticar um pouco e estou a usar agulha circular nr 2, com menos malhas que 60 só mesmo subindo um nr na agulha senão fica boa para um pé de criança ;o) Mas pratica, os 1os pares saem sempre menos perfeitos e por isso mesmo tende-se a colocar de lado novas experiências em meias e depois existem tantas meias mais baratas à venda das industriais, eu tenho um pé que tem os dedos todos em escadinha e as meias de compra geralmente deixam malha de sobra por cima dos dedos mais pequenos e fazendo meias adapto ao meu pé ;o) Fazer meias é uma boa maneira de praticar o tricot, pontos novos, diminuições... e é sem duvida um trabalho muito rápido de se fazer e usar lãs mais grossas é também uma boa forma de praticar. Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É como em tudo Susana, vai-se aprendendo com as "tentativa e erro".

      Eliminar
  7. Olá: eu adoro tricotar,mas também tive de dar a mão à palmatória a aprender com quem sabe e as meias ( um desejo antigo) vou começar para a semana num WS. Espero que corra bem e se ficarem tão bonitas como as tuas ,já me dou por feliz.
    Bjn e já fiquei aqui a seguir-te. Convido-te também a visitar o meu cantinho
    Márcia

    ResponderEliminar
  8. Que bom, Maria! Finalmente você conseguiu a fórmula para quebrar o feitiço das cinco agulhas! Pelo visto muitos e muitos pares brotarão das suas mãos.
    Um abraço!
    Egléa

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita